A onda brasileira em Bells Beach

medinadestaque

A seleção brasileira chegou à etapa de Bells sem um de seus principais atacantes, o atual número 3 do ranking mundial Filipe Toledo – contundido na etapa de abertura da temporada em Gold Coast. Se você pensa que o desfalque abalou a fúria brasileira na Austrália, engana-se…

Na primeira bateria do round 3 o potiguar Ítalo Ferreira finalizou uma onda nota 9.33 contra o havaiano Sebastian Zietz para garantir o maior somatório de toda a competição até aqui: 17 pontos dos 20 possíveis em uma única disputa.

“Foi uma bateria incrível, estou até sem palavras… Essa última onda entrou pra mim no momento certo e nem posso acreditar…  Ainda bem que eu consegui”… – disse Ítalo ainda ofegante após a vitória que o classificou para a próxima fase do evento.

Ítalo é o Brasil em ação na etapa de Bells ao lado de Caio Ibelli, que derrotou um dos maiores talentos da elite no round 3 – o havaiano John John Florence, e Wiggolly Dantas. Curiosamente eles são os mais recentes surfistas do pelotão brasileiro na elite da WSL nos últimos dois anos. E mais: Guigui (Wiggolly) não perdeu bateria alguma neste evento, chegou invicto ao 4o. round…

Gabriel Medina, Miguel Pupo, Alex Ribeiro, Adriano de Souza e Jadson André estão eliminados apesar de toda garra e belas ondas surfadas. Jadson ainda fez um 8.60 com dor, depois de uma torção no tornozelo logo no início de sua bateria do 2o. round…

 

Jadson Andre round 2
Jadson Andre round 2

Para os cinco surfistas o foco agora é Maragaret River porque o show e o brilho brasileiro não vão parar…

“Eu só quero agora me manter motivado para o próximo evento em Margaret River onde eu ganhei no ano passado. Vou continuar lutando e estudando o meu desempenho. Eu só sei que fiz o meu melhor e vou tentar analisar tudo para ver onde posso melhorar e também aprender…” – garante o campeão mundial Adriano de Souza.

* Imagens Cestari/Sloane e Kirstin – WSL
facebooktwittermail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *