Letícia Bufoni: Não tô nem aí!

leticiabufoniepisodio1


Qual é a possibilidade de uma menina da zona Leste de São Paulo apelidada de “Maria João” na infância ser, aos 22 anos de idade, a melhor, mais talentosa e bonita skatista profissional do mundo? Sem contar uma coleção de títulos inéditos para o Brasil e para uma mulher no skate street?

O parágrafo acima pode ser lido como conto de fadas, Cinderela as avessas ou até mesmo meritocracia. Entenda como quiser, leia como desejar, mas o fato é que isso é a vida real.

Passei um período (longo demais) de férias do blog com um turbilhão de ideias e projetos. Escolhi 8 de março – Dia internacional da Mulher -, para voltar acompanhada de Letícia Bufoni, a estrela da nova série que chega por aqui. Conheci a skatista pessoalmente em 2007 quando voltava de seu primeiro X Games. Eu tinha acabado de ter meu filho e só acompanhei pela TV a revolução no esporte que Letícia começava ali. A garota nasceu para brilhar, tinha apenas 14 anos e foi praticamente impedida de voltar ao Brasil, seu destino era a Califórnia, seu destino era ser grande. Assim, antes de “debutar” na vida, a pequena Letícia fixou residência nos Estados Unidos longe da família para construir uma carreira de sucesso e encantar.

Não preciso listar todos os seus feitos esportivos (isso é fácil de achar no Google). Letícia Bufoni é a minha escolhida para hoje homenagear todas as mulheres porque segui muito de perto sua trajetória desde menina. Assisti às suas quedas e conquistas e presenciei a transformação de uma menina em mulher, de uma skatista sonhadora em uma profissional realizadora. E sabe o que mais? Me dá esperança pensar no que ela pode realizar quando chegar aos 40 como eu. Verdade que não basta sonhar, ter talento e mérito, mas não custa tentar não é mesmo?

Nossa conversa foi gravada ano passado na festa de lançamento de Letícia Let’s Go – o programa da skatista exibido no Canal OFF-,  e pelo que vem realizando de lá pra cá, 2016 promete ser outro ano de ouro para ela.

O segundo episódio da Série Letícia Bufoni você confere aqui no blog na noite no dia 14 de março com uma Letícia “igual só que diferente”, rs. Vale a pena, não perca!

Meninas e meninos, que a semana em que comemoramos o Dia Internacional da Mulher seja mais de “todos” e menos de gêneros, mais de acolhimento do que disputas e principalmente de generosidade e amor porque o mundo é grande demais e tem espaço pra todo mundo. Boa semana, beijos. 🙂

* Foto destaque: Instagram @leticiabufoni

 

 

 

 

 

 

facebooktwittermail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *