Pingue Pongue com Filipinho

PINGPONGTOLEDO

“Eu vou me lembrar pra sempre do dia em que entrei para à elite do mundial”. Filipe Toledo nunca esteve tão próximo do título de campeão do mundo quanto em 2015. Aquela ainda não foi a vez dele, mas pode ter sido o termômetro do que veremos a seguir…

Um surfista de alma com DNA de campeão e postura de líder. Eu realmente me encanto com a postura de Filipe Toledo. Aos 20 anos de idade e com uma longa estrada profissional e pessoal pela frente não restam dúvidas de que continuará sendo uma das estrelas do circuito mundial de surfe pelos próximos dez anos ou mais.

Acho que um campeão mundial em qualquer esporte deveria ter um conjunto de habilidades que vão muito além da técnica esportiva. Um campeão mundial deveria ser também um influenciador da capacidade humana de se superar, vencer desafios, aprender com derrotas e multiplicar conhecimento. 2015 poderia ter sido o ano do primeiro título de Filipe. Ele terminou em quarto lugar, não levou a coroa mas deu um passo gigantesco como influenciador, uma prova do que pode conquistar com seu carisma. Muitas ondas virão para e de Filipe Toledo, grandes momentos estão por vir.

A Série com Filipe Toledo chega hoje ao último capítulo, mas não é o fim, é apenas o começo. Obrigada Filipinho e até a próxima 🙂

 

facebooktwittermail

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *